.

Ir para o Conteúdo  | Ir para o Menu  | Ir para o rodapé  | Ir para a Busca             Acessibilidade   | Intranet  |  SIC  |  Canal de Denúncia  | Ouvidoria   Botão do Instagram do Tribunal de Justiça de Roraima   Botão de acesso a rede social Facebook do TJRR   Botão de acesso ao canal de Youtube do TJRR   Botão  da Rede Social Twitter do TJRR

Selos Prêmios TJRR       

Biblioteca

TJRR entrega manuais e cartilhas do Programa Fazendo Justiça ao sistema penal e socioeducativo

Fotos: Divulgação 

Imagem colorida mostra 3 agentes do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), sendo estes 1 homem e duas mulheres em pé em uma sala com paredes brancas, segurando o manual de gestão para monitoração eletrônica de pessoas.

O Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF) do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) entregou às instituições executoras da política penal e socioeducativa no Estado, manuais e cartilhas  que unem o conhecimento técnico e a realidade observada em diferentes unidades da federação durante os trabalhos do Programa Fazendo Justiça.
 

Os exemplares também estão disponíveis para magistrados e servidores na biblioteca do Poder Judiciário de Roraima, localizada no Prédio Administrativo.

São exemplares que tratam de temas que envolvem política prisional, penas alternativas, audiência de custódia, entre outros assuntos. A destinação veio por meio do Programa Fazendo Justiça do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

O supervisor do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), desembargador Almiro Padilha, ressalta a importância da entrega dos materiais para as instituições que executam as políticas penais e socioeducativas em Roraima.

 

“Esse material vai colaborar de forma grandiosa para o alinhamento e aprimoramento  da implementação das políticas judiciárias e penais em nosso Estado, uma vez que estamos levando informação, capacitação e novas metodologias com total potencial para transformar realidades de forma imediata no sistema penal. Auxiliar as instituições que atuam na garantia dos direitos de pessoas em situação de encarceramento”, destacou.


O material gráfico ainda inclui manuais de gestão de alternativas penais, audiências concentradas, cadernos “Adolescente Pós-Medida”, Gestão da Política Prisional (volumes I, II e III), PNAPE, Diagnóstico de Arranjos Institucionais, Modelo de Gestão Monitoração Eletrônica, audiência de custódia, além de outras cartilhas, cartazes, display e manual de instalação e configuração de software para coleta de biometria.

A coordenadora do programa em Roraima, Jaira Magalhães reforça que  conhecimento pode transformar,“Importante termos esse material nas mãos.  É esse alinhamento que queremos para fazer uma política judiciária, uma política pública aplicada da melhor forma possível”, disse a coordenadora.


Os guias, manuais e pesquisas do programa Fazendo Justiça também podem ser acessados por meio do link: https://www.cnj.jus.br/sistema-carcerario/fazendo-justica/publicacoes/

 

Imagem colorida mostra 10 agentes do Grupo de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário (GMF), sendo estes 5 homens e 5 mulheres em pé em uma sala com paredes brancas, segurando o manual de gestão para monitoração eletrônica de pessoas.

Sobre o Programa


O Programa Fazendo Justiça atua para a superação de desafios estruturais do sistema penal e do sistema socioeducativo. Trata-se da continuidade de parceria iniciada em 2019 entre o Conselho Nacional de Justiça e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública e outras colaborações envolvendo o setor público, o setor privado e a sociedade civil.
 
Compreende um plano nacional com 28 ações para as diferentes fases do ciclo penal e do ciclo socioeducativo, adaptado à realidade de cada unidade da federação com o protagonismo dos atores locais. As ações reúnem as melhores práticas de diferentes gestões do CNJ e se desdobram em apoio técnico, doação de insumos e articulação institucional.

O público-alvo do programa inclui beneficiários de nível inicial – Judiciário e atores do sistema de Justiça Criminal. Por seu caráter abrangente, o programa está alinhado a diversos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, em especial, o Objetivo – Paz, Justiça e Instituições Eficazes.

A partir do protagonismo do Judiciário, o programa fomenta a qualificação de etapas do ciclo penal e do ciclo socioeducativo; estabelece o diálogo interinstitucional permanente com articulações entre diferentes níveis federativos; e desenha ações customizadas a cada unidade da federação.

O programa é dividido em quatro eixos principais de ação – Proporcionalidade penal, Cidadania, Sistemas e Identificação Civil e Socioeducativo – além de um eixo específico para ações transversais e de gestão. O Fazendo Justiça apoia a criação ou melhoria de produtos, estruturas e serviços; promove eventos, formações e capacitações; gera produtos de conhecimento e apoia produção normativa do CNJ. Também trabalha parcerias e novas narrativas a partir de evidências e soluções possíveis.

O conhecimento técnico produzido a partir da parceria entre o CNJ e o PNUD está sendo consolidado em dezenas de produtos que cobrem diversos momentos do ciclo penal e do ciclo socioeducativo. São guias, manuais, pesquisas, metodologias e modelos que associam conhecimento técnico e a realidade observada em diferentes unidades da federação durante a execução do programa.

Horário de Funcinamento

A Biblioteca funciona para o público interno e externo de segunda a sexta-feira, exceto feriados, das 8 às 15h, de acordo com a Port. SG 07/2019.

Como Chegar

Endereço: Prédio Administrativo Luiz Rosalvo Indrusiak Fin.
Av. Ene Garcez, 1696, São Francisco, Boa Vista- RR - CEP: 69305-135

Ícone WhastsApp Ícone Instagram TJRR Ícone Twitter TJRR Ícone Facebook TJRR Ícone Linkedin TJRR Ícone Spotify TJRR Ícone TikTok TJRR Ícone Youtube TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos

Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198-2800 - Palácio da Justiça
3198-4700 - Fórum Cível
3194-2699 - Fórum Criminal
3198-4900 - Prédio Administrativo
3621-5100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

.
Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte