.

Ir para o Conteúdo  | Ir para o Menu  | Ir para o rodapé  | Ir para a Busca             Acessibilidade   | Intranet  |  SIC  |  Canal de Denúncia  | Ouvidoria   Botão do Instagram do Tribunal de Justiça de Roraima   Botão de acesso a rede social Facebook do TJRR   Botão de acesso ao canal de Youtube do TJRR   Botão  da Rede Social Twitter do TJRR

Selos Prêmios TJRR       

Palestras de capacitação e sensibilização encerram 23ª Semana da Justiça pela Paz em Casa

 
Além das ações educativas e de prevenção, foram deferidas 46 medidas protetivas de urgência, realizadas 29 audiências e proferidas 165 sentenças ou decisões
 
Fotos: Nucri/TJRR
 
Imagem colorida mostra um auditório lotado de policiais militares fardados. A frente em pé a juíza titular da comarca, Rafaella Holanda e a juíza titular da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJRR, Suellen Alves.
 
Capacitações à rede de proteção às mulheres vítimas de violência doméstica e familiar finalizaram a programação da 23ª Semana da Justiça pela Paz em Casa. A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) realizou as ações de prevenção nos municípios de São Luiz e Rorainópolis, nos dias 9 e 10 de março. 
 
Em São Luiz, a capacitação ocorreu no Fórum da Comarca do município e contou com a presença de servidores da unidade e policiais militares. A juíza titular da comarca, Rafaella Holanda, explica que a ação teve como objetivo capacitar os policiais locais na prestação de atendimento às vítimas de violência doméstica, sendo mais um passo para implementação do programa Patrulha Maria da Penha na localidade. 
 
“Apenas nessa semana tivemos um total de quatro medidas protetivas deferidas. O treinamento dos policiais que atuam na região da comarca de São Luiz (São Luiz, São João da Baliza e Caroebe), vai auxiliar nesse processo de acompanhamento das medidas protetivas e ajuda às vítimas”, destacou a magistrada Rafaella Holanda.
Imagem mostra a juíza titular da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJRR, Suellen Alves em pé palestrando para magistrados, magistradas, servidoras e servidores do TJRR da comarca de Rorainópolis.
 
 
Em Rorainópolis, ocorreu uma palestra da rede socioassistencial e de segurança para conhecimento da política judiciária de combate à violência doméstica. O juiz da segunda titularidade da comarca de Rorainópolis, Raimundo Anastácio Carvalho, comenta que a capacitação permite que a sociedade reconheça as principais formas de violência e as formas de prevenção e combate.
 
“Tendo em mente que a constituição Federal estabelece como um dos objetivos da República federativa do Brasil a promoção do bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação, se faz necessário o empoderamento da sociedade para o combate à violência contra a mulher. Eis a importância deste evento”, pontuou o magistrado Raimundo Anastácio Carvalho.
 
Imagem colorida mostra uma sala de aula com carteiras escolares azuis, posicionadas formando um círculo, nelas estão alunos e alunas fardados com camisas verdes com golas amarelas. No centro, uma servidora coloca um post it sobre um tapete de crochê redondo.
 
As palestras e reuniões integram um calendário de atividades que começou no dia 6 de março com o início do Projeto Maria vai à Escola na Escola Municipal Carlos Raimundo, no bairro Tancredo Neves, Boa Vista. Esta etapa vai envolver 175 alunos de cinco turmas do 5º ano, com discussões a respeito de temas relativos aos direitos humanos, igualdade de gênero, além da violência doméstica e familiar contra a mulher. 
 
Imagem colorida mostra 4 mulheres sentadas atrás de uma bancada  cor de marfim. No fundo há bandeiras hasteadas dos estados federativos do Brasil.
 
A juíza titular da Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJRR, Suellen Alves, comenta que a expectativa é levar o programa para o ensino fundamental e o ensino médio, atuando na prevenção e no combate a violência contra a mulher. 
 
“Um dos pilares da lei Maria da Penha é também a proteção. É uma lei que visa mudar a realidade social, que é o que a gente chama de política afirmativa, então ela está voltada também para essa prevenção. A gente quer mudar uma realidade que infelizmente ainda é reflexo de uma cultura machista que deixa a mulher como vítima de violência em potencial”. 
 
Durante a semana foram realizadas 29 audiências (acolhimento, justificação e instrução),  proferidas 165 sentenças ou decisões e deferidas 46 Medidas Protetivas de urgência (MPUs), após um esforço concentrado da Coordenadoria. 
 
Imagem  colorida mostra  três pessoas, no centro  um homem com o microfone na mão, no seu  lado esquerdo está uma mulher de vestido verde e no seu lado direito uma mulher de blusa preta, com as mãos dentro dos bolsos de sua calça rosa.  
 
A programação incluiu ainda uma palestra sobre violência doméstica para alunos do curso de Pedagogia da Universidade Federal de Roraima (UFRR), uma participação da Coordenadoria em sessão alusiva ao Dia Internacional da Mulher na Assembleia Legislativa, e um encontro em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, a convite da Superintendência da Guarda Civil de Mucajaí, no plenário da Câmara de Vereadores do município.
 
Imagem colorida mostra um cenário decorado. Na frente a palavra mulher na cor rosa. Ao fundo uma mesa com uma toalha dourada, atrás sentados estão 4 pessoas, dois homens e duas mulheres. Ao lado da mesa em pé está uma oficial militar segurando um papel na mão. Atrás está um painel com tecidos rosa e prata, enfeitados com flores coloridas.
 
 
 
Ícone WhastsApp Ícone Instagram TJRR Ícone Twitter TJRR Ícone Facebook TJRR Ícone Linkedin TJRR Ícone Spotify TJRR Ícone TikTok TJRR Ícone Youtube TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos

Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198-2800 - Palácio da Justiça
3198-4700 - Fórum Cível
3194-2699 - Fórum Criminal
3198-4900 - Prédio Administrativo
3621-5100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

.
Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte