ACESSIBILIDADE   | INTRANET  |  ACESSO À INFORMAÇÃO  |  SIC-OUVIDORIA   Botão Instagram TJRR   Botão Facebook TJRR   Botão Youtube TJRR   Botão Twitter TJRR

Palestra On-line: Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?

 

 
Imagem colorida e ilustrativa da Palestra: "Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?​", que contém o tema do evento,  informações sobre o facilitador, data e hora do evento e a plataforma que será utilizada  para exibição do evento.
 
A Coordenadoria da Infância e Juventude do Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR) realizará, em parceria com a Coordenadoria da Infância e da Juventude e da Escola Judicial dos Servidores do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), a Palestra: "Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?​". 
 
O evento ocorrerá no dia 16 de setembro, a partir das 15h (horário de Brasília/DF), e os interessados em participar podem acessar a palestra por meio do link:  Palestra: "Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?​".
 
Saiba Mais: 
 
A Escola Judicial dos Servidores, em parceria com a Coordenadoria da Infância e da Juventude, comunica que realizará a palestra on-line Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?’, aprovada pelo seu Conselho Técnico, em reunião de 22 de agosto de 2022, sob a coordenação do Desembargador Reinaldo Cintra Torres de Carvalho, no dia 16 de setembro de 2022.
 
OBJETIVOS: Guarda alternada e residência alternada consistem em situações completamente distintas, não obstante a guarda alternada (inexistente no ordenamento brasileiro) sempre pressuponha a alternância de residências. Contudo, embora a melhor e mais atual doutrina defenda que crianças que mantêm regime de convívio com ambos os genitores por períodos de tempo equilibrados – isto é, com alternância de residências - apresentam melhor saúde mental e desenvolvimento, os profissionais do Direito, da Assistência Social e da Psicologia têm demonstrado dificuldade em compreender que tal situação difere enormemente da modalidade de guarda alternada. A confusão terminológica e conceitual com a guarda alternada, apesar de comum, não pode constituir óbice ao direito dos pais e das crianças, o que torna o estudo aprofundado das diferenças entre guarda compartilhada com alternância de residências e guarda alternada extremamente atual e necessário. No exercício conjunto da guarda dos filhos, isto é, na guarda compartilhada, a divisão equilibrada do tempo de convívio com os genitores inevitavelmente acarretará a alternância de residências. Tal situação, relativamente nova do ponto de vista da prática do Direito de Família, consiste em uma importante mudança de paradigma e decorre da evolução das discussões sobre o exercício efetivo da parentalidade responsável por ambos os genitores e, também, da necessidade de tratamento de gênero com mais equidade quando pensamos na atribuição de responsabilidades de pais e mães, no contexto de dissoluções de uniões estáveis ou divórcios. Sendo assim, faz-se necessário aprofundar a análise acerca dos conceitos de poder familiar, autoridade parental, parentalidade responsável, coparentalidade, guarda compartilhada e guarda alternada, a fim de que se possa analisar e avaliar adequadamente cada caso específico de regulamentação de guarda, sempre com foco no melhor interesse das crianças e dos adolescentes.
 
PÚBLICO-ALVO: Juízes e Servidores do Tribunal de Justiça, Promotores de Justiça e Servidores do Ministério Público, Defensores Públicos e Servidores da Defensoria Pública, Membros e Servidores das Secretarias Estaduais e Municipais, Advogados, Delegados, Assistentes Sociais e Psicólogos, Profissionais da Rede de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente e demais interessados.
 
VAGAS OFERECIDAS: 10.000 (dez mil) vagas para a modalidade a distância.
 
INFORMAÇÕES IMPORTANTES:
 
1. A participação importará o conhecimento de todas as instruções, tais como se acham estabelecidas neste Edital, não podendo ser alegada qualquer espécie de desconhecimento.
 
2.  Os servidores do Tribunal de Justiça deverão observar as normas contidas na Portaria Conjunta nº 1, de 3 de setembro de 2012, publicada no DJE em 28/9/2012, págs. 1 a 4 e alteração publicada no DJE em 1º/2/2013, pág. 1.
 
3.   A palestra será realizada via Microsoft Teams, com acesso em tempo real, dispensado o ato de inscrição, bastando acessar o link informado ao final do edital.
 
4. Haverá emissão de certificado eletrônico àqueles que apresentarem no mínimo 75% (setenta e cinco por cento) de frequência.
 
5. Eventuais dúvidas poderão ser encaminhadas para: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..
 
PROGRAMAÇÃO:
 
Data: 16/09/2022 (sexta-feira)
 
Horário: das 15h às 17h
 
Tema: Guarda Compartilhada com Alternância de Residências ou Guarda Alternada?
 
Conteúdo programático: Modalidades de guarda de filhos. Guarda compartilhada: uma modalidade ainda pouco compreendida pela sociedade. Conceituando adequadamente poder familiar, autoridade parental, parentalidade responsável e coparentalidade, conjugalidade, guarda compartilhada e guarda alternada. Divisão equilibrada de tempo de convívio com os genitores: uma mudança de paradigma que tem causado incômodo nos profissionais do Direito.
 
PALESTRANTE: Fabiana das Graças Alves - Bacharel em Linguística e licenciada em Língua Portuguesa e Literatura pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo; Bacharel em Direito pela Universidade de São Paulo e advogada em São Paulo; Especialista em Direito de Família e das Sucessões pela Escola Paulista de Direito, em Direito Empresarial pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e em Métodos Alternativos de Solução de Conflitos pela Escola Paulista da Magistratura; Mediadora privada com formação pela ALGI/Mediaras e pela Escola Superior de Advocacia da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo, capacitada em Mediação Transformativa-Reflexiva pelo Instituto Mediativa; Advogada Colaborativa capacitada pelo Instituto Brasileiro de Práticas Colaborativas; Fundadora do Movimento Mulheres com Direito; Conselheira Secional Efetiva da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo (gestão 2019/2021); Coordenadora das obras Mulheres – um grito de socorro e Mulheres no Direito de Família e coautora das obras Mulheres no Direito e Famílias Internacionais: seus direitos e seus deveres.
 
METODOLOGIA: Aula expositiva.
 
 

Botão Instagram TJRRBotão Youtube TJRRBotão Facebook TJRRBotão Twitter TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos
Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198.2800 - Palácio da Justiça
3198.4700 - Fórum Cível
3194.2699 - Fórum Criminal
3198.4900 - Prédio Administrativo
36215100 - Vara da Infância e Juventude

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086