ACESSIBILIDADE   | INTRANET  |  ACESSO À INFORMAÇÃO  |  SIC-OUVIDORIA   Botão Instagram TJRR   Botão Facebook TJRR   Botão Youtube TJRR   Botão Twitter TJRR

JUSTIÇA RESTAURATIVA - TJRR forma facilitadores para atuarem na justiça roraimense

 
Fotos: Nucri/TJRR
 
Imagem colorida contém uma roda de conversa do Justiça Restaurativa do TJRR, durante formação para facilitadores, mediada pelo instrutor de diálogos transformativos, Paulo Moratelli.
 
O Curso de Formação de Facilitadores em Círculos Restaurativos, promovido pelo Tribunal de Justiça de Roraima (TJRR), ocorreu entre os dias 25 de julho e 19 de agosto. A capacitação foi mediada pelo instrutor de diálogos transformativos Paulo Moratelli. 
 
Segundo a mediadora do evento, Geanni Monteiro, a iniciativa atende a Resolução  N° 225/2016 do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que dispõe sobre a Política Nacional de Justiça Restaurativa no âmbito do Poder Judiciário.
 
“Uma das coisas que são primordiais para que a gente consiga fazer a justiça restaurativa dentro do Tribunal é a questão dos facilitadores, não é um mediador, não é um conciliador, é um facilitador, pois mediador e conciliador nós já temos no tribunal, mas facilitador nós não tínhamos, pois ninguém estava capacitado para isto. Então o Tribunal veio, propôs o curso para a gente, e aqui nós estamos, capacitando para implementar a justiça restaurativa no Tribunal de Justiça de Roraima”, destacou.
 
Com carga horária de 80 horas, divididas entre parte prática e teórica, a formação teve como objetivo preparar servidores e servidoras do Tribunal e parceiros externos no âmbito educacional, como professores da rede municipal e estadual, para condução de processos relacionados à justiça restaurativa. Ao final, os participantes se tornam aptos para conduzirem com competência e eficácia processos de prevenção, mediação e transformação de conflitos que chegam ao Poder Judiciário de Roraima.
 
“É importante formar facilitadores porque nós estamos entrando por um novo paradigma da entrega de justiça. A justiça, enquanto valor, ela tem que ser  conduzida através de processos dialógicos; esse processos dialógicos precisam  ser conduzidos com qualidade, e quem conduz esses processos dialógicos, nós costumamos chamar de facilitadores. Então a formação do facilitador é fundamental para que ele possa conduzir com qualidade, técnica, com toda ética esses procedimentos”, completou o instrutor do curso, Paulo Moratelli. 
 
Justiça Restaurativa é uma nova ferramenta do Poder Judiciário que visa a realização de técnicas e práticas para a solução consensual de conflitos a partir da participação ativa dos envolvidos em um processo judicial.
 
Imagem colorida contém participantes da formação de facilitadores, que ocorreu na Escola do Poder Judiciário do Estado de Roraima (EJURR), posando para fotografia ao fim do curso.
 
 
 
 

Botão Instagram TJRRBotão Youtube TJRRBotão Facebook TJRRBotão Twitter TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos
Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198.2800 - Palácio da Justiça
3198.4700 - Fórum Cível
3194.2699 - Fórum Criminal
3198.4900 - Prédio Administrativo
36215100 - Vara da Infância e Juventude

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086