.

Ir para o Conteúdo  | Ir para o Menu  | Ir para o rodapé  | Ir para a Busca             Acessibilidade   | Intranet  |  SIC  |  Canal de Denúncia  | Ouvidoria   Botão do Instagram do Tribunal de Justiça de Roraima   Botão de acesso a rede social Facebook do TJRR   Botão de acesso ao canal de Youtube do TJRR   Botão  da Rede Social Twitter do TJRR

Selos Prêmios TJRR       

Relatório de Pesquisa sobre Metas Nacionais do Poder Judiciário é divulgado

Dados devem auxiliar na construção de prioridades a serem alcançadas pela justiça brasileira até 2022.
 
Ao fundo vemos uma pessoa com as mão entrelaçadas olhando para um gráfico. Texto: Relatorio da Pesquisa 2021 - Gestão Participativa
 
Para tornar a construção das metas nacionais do Poder Judiciário para 2022 mais participativa, e aproximar a justiça cada vez mais da população, o Tribunal de Justiça de Roraima participou, entre 28 de junho e 18 de julho, em parceria com outros 26 tribunais do país, da pesquisa de Gestão Participativa 2021. A consulta pública foi realizada por meio da Rede Nacional de Governança Colaborativa da Justiça Estadual.
 
Ao todo, cerca de cinco mil pessoas responderam ao questionário. Entre elas servidores e servidoras do Poder Judiciário, magistrados, magistradas, membros do Ministério Público, advogados, advogadas, defensores e defensoras públicas e a população em geral.
 
De acordo com a Secretária de Gestão Estratégica do Tribunal de Justiça de Roraima (SGE/TJRR), Veruska Lobo, a pesquisa deve auxiliar na otimização dos serviços prestados pelo Poder Judiciário. 
 
“O principal fruto colhido é termos a percepção e colaboração de todos envolvidos com a prestação jurisdicional na definição dos próximos passos, das prioridades da justiça brasileira”, destacou.
 
Segundo a pesquisa, 85,68% dos participantes acreditam que o aumento do índice de conciliações, uma das 12 metas nacionais estabelecidas pelo Poder Judiciário, pode auxiliar o desempenho da justiça brasileira. 
 
Outro dado obtido através da consulta pública aponta que 77,23% das pessoas acreditam que identificar e julgar pelo menos 70% das ações de improbidade administrativa e das ações penais relacionadas  a crimes contra a administração pública pode contribuir para a redução da impunidade.
 
Os dados também  trazem otimismo em relação aos processos relacionados à violência contra a mulher. Cerca de 88% dos participantes acreditam que a oitava meta, que trata da identificação e julgamento de 50% dos casos de feminicídio  e 50% dos casos de violência doméstica e familiar contra a mulher  distribuídos até dezembro de 2019 pode auxiliar na aceleração dos trâmites processuais relacionados à violência doméstica.
 
O plano de metas nacionais também prevê a identificação e impulsionamento de 25% dos processos relacionados às ações ambientais distribuídas até dezembro de 2020. No total, 83,25% dos participantes consideraram a meta relevante.
 
Os resultados da consulta pública foram  encaminhados para análise do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e consolidados em relatório, de acordo com critérios técnicos, considerando a pertinência e a viabilidade das sugestões. Após a análise, será elaborada uma proposta final das Metas Nacionais, que será submetida à aprovação dos presidentes dos tribunais durante o encontro nacional do Poder Judiciário.
 
Fotos: Nucri TJRR 
Ícone WhastsApp Ícone Instagram TJRR Ícone Twitter TJRR Ícone Facebook TJRR Ícone Linkedin TJRR Ícone Spotify TJRR Ícone TikTok TJRR Ícone Youtube TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos

Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198-2800 - Palácio da Justiça
3198-4700 - Fórum Cível
3194-2699 - Fórum Criminal
3198-4900 - Prédio Administrativo
3621-5100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

.
Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte