.

Ir para o Conteúdo  | Ir para o Menu  | Ir para o rodapé  | Ir para a Busca             Acessibilidade   | Intranet  |  SIC  |  Canal de Denúncia  | Ouvidoria   Botão do Instagram do Tribunal de Justiça de Roraima   Botão de acesso a rede social Facebook do TJRR   Botão de acesso ao canal de Youtube do TJRR   Botão  da Rede Social Twitter do TJRR

Selos Prêmios TJRR       

DIA MUNDIAL DO BRAILLE - Data foi criada em 2018, pela ONU, em homenagem ao aniversário do francês Louis Braille

Fotos: Divulgação 
 
imagem ilustrativa de duas mãos lendo em braile
 
Acompanhe a matéria tambem em audio
 
Aumentar a conscientização sobre a importância do Braille como meio de comunicação para pessoas cegas ou com baixa visão foi o objetivo principal da criação da data. O Sistema Braille nasceu na França, em 1825, por Louis Braille, e de lá para cá continua sendo usado em todo o mundo por pessoas com deficiência visual.
 
Trata-se da representação tátil de símbolos alfabéticos e numéricos que possibilitam a escrita e leitura, por meio da combinação de 1 a 6 pontos entre si. É lido da esquerda para a direita, com uma ou ambas as mãos e tradicionalmente escrito em papel relevo. Por ser uma linguagem universal, pode ser adaptada a diversos alfabetos. Além de livros e publicações especializadas, é possível encontrar informações no sistema braile em elevadores, museus, cardápios de restaurantes, entre outros.
 
No Brasil, dia 8 de abril, aniversário de José Álvares de Azevedo, idealizador da primeira escola para o ensino de cegos no Brasil, o Imperial Instituto de Meninos Cegos – o atual Instituto Benjamin Constant (IBC), é comemorado o Dia Nacional do Braille.
 
O Instituto Benjamin Constant (IBC) é um dos principais centros de referência em educação e inclusão para pessoas com deficiência visual no Brasil. A instituição é responsável pela produção dos primeiros livros em Braille no país e continua a valorizar o Sistema Braille, não só na alfabetização de crianças, mas também na produção de material para diversas instituições.
 
Além de pioneira na educação para cegos, o IBC foi responsável pela produção dos primeiros livros em braille no país. E o Sistema Braille continua sendo valorizado no Instituto Benjamin Constant, não só na alfabetização de crianças. A gráfica do IBC, por exemplo, produz material para diversas instituições. 
 
Em 2020, a gráfica do IBC produziu mais de dois milhões de folhas impressas em Braille e milhares de materiais especializados distribuídos para todo o Brasil. A instituição também realizou o primeiro estágio supervisionado de revisor de Braille e avaliou quase 300 livros para o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
 
 
 
Ícone WhastsApp Ícone Instagram TJRR Ícone Twitter TJRR Ícone Facebook TJRR Ícone Linkedin TJRR Ícone Spotify TJRR Ícone TikTok TJRR Ícone Youtube TJRR

Palácio da Justiça - Desembargador Robério Nunes dos Anjos

Endereço: Praça do Centro Cívico, 296 - Centro - 69.301-380

Telefones:

3198-2800 - Palácio da Justiça
3198-4700 - Fórum Cível
3194-2699 - Fórum Criminal
3198-4900 - Prédio Administrativo
3621-5100 - Vara da Infância e Juventude

Logomarca do Tribunal de Justiça de Roraima

PLANTÕES DE ATENDIMENTO - SÁBADO, DOMINGOS E FERIADOS

Plantão Judicial 1ª Instância: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Judicial 2ª Instância: ☎ (95) 98404 3123
Núcleo de Plantão Judicial e Audiência de Custódia: ☎ (95) 98404 3085
Plantão Vara da Justiça Itinerante: ☎ (95) 98404 3086

.
Acessibilidade Visual
Contraste
Aumentar Fonte
Diminuir Fonte